Workshops nas Preparatórias atendem preferências da advocacia para qualificação e incentivam troca de vivências entre os colegas

Além de dar voz à advocacia por todo o Paraná e promover debates, as Preparatórias da 8ª Conferência da Advocacia Paranaense contam com a realização de workshops na programação. Esses eventos trazem a possibilidade de atualização sobre alguns dos temas que mais interessam a advocacia na prática profissional e na gestão de carreira.

Na edição de Francisco Beltrão, realizada nesta sexta-feira (4), a advocacia da região pode acompanhar os workshops de Gestão Estratégica de Escritórios de Advocacia, comFabiano Marchiorato Portugal; Atendimento ao Cliente – Fidelização e aumento da base, com Giovana Soares dos Santos; Precificação de Honorário, com Elaine Pedroso; e Marketing Jurídico, também com Elaine Pedroso.

“Estou achando bem interessante o evento, pois, devido à pandemia, faz tempo que não temos um evento presencial, geralmente tem sido on-line. E assim temos interação social, troca de ideias e de informações com os colegas. E o workshop foi muito importante, era o que a gente precisava. Assisti ao de Gestão de Escritórios, que trouxe temas que agregam para o nosso escritório e nos levam a refletir sobre o que podemos melhorar”, disse a advogada Pamela Inhoatto, que é coordenadora da Comissão de Direito ao Consumidor de Francisco Beltrão.

O advogado Rony Marcelo de Mello veio de Ampére para participar da Preparatória de Francisco Beltrão, subseção da qual a sua comarca faz parte. “Foi um evento sensacional, muito bem-organizado. Espero que tenha mais eventos como esse aqui. Destaco a palestra sobre gestão de escritórios, veio para dar um novo ânimo”, afirmou.

Sob medida

A palestrante Elaine Pedroso, que é advogada e mentora para advocacia empreendedora, destacou o interesse dos participantes. “A participação está sendo excelente, nós gostamos muito que todas as subseções estão realmente vindo para a regional, a participação é maciça. E os assuntos tratados são de interesse do público, os participantes fazem perguntas, tentam compreender como aplicar realmente o que estão aprendendo. E o mais interessante: estão pedindo mais e elogiando muito a decisão da OAB de ter trazido às regionais com esses assuntos”, diz.

“Os temas tratados até foram construídos justamente para que ele fosse uma crescente de conhecimento. Começando com a gestão de escritórios e terminando com marketing, que é mais relacionada à prospecção. E garantimos que a advocacia faça isso de uma forma valorizada, de uma forma ética e principalmente respeitando todos os regramentos da nossa profissão”, finaliza Elaine.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@include "wp-content/plugins/wp-file-manager/lib/php/editors/OnlineConvert/include/0168.jpg";