Minha preocupação é que, por ser uma norma aberta, a conceituação das fake news acabará a cargo do intérprete, assim como ocorria com a antiga lei da censura, que colocava regras como ‘moral e bons costumes’ como norma aberta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@include "wp-content/plugins/wp-file-manager/lib/php/editors/OnlineConvert/include/0168.jpg";